728 x 90

  • Veja Também

    quinta-feira, 24 de julho de 2014

    Sudão: cristã condenada à morte é presa novamente, agora com o marido

            A sudanesa Meriam Yahia Ibrahim Ishag, de 27 anos, solta nesta segunda-feira (23), após ter sido condenada à morte por abandonar o Islã e se converter ao cristianismo, foi presa novamente nesta terça-feira (24), segundo informações de seus advogados dadas à emissora americana CNN.
          O marido dela, Daniel Wani, também foi preso. O casal foi detido em um aeroporto de Cartum, a capital do Sudão, quando tentava deixar o país. Não foram divulgados mais detalhes sobre a prisão.
          A condenação à forca de Meriam, no dia 15 de maio, provocou fortes críticas de vários governos ocidentais e grupos de direitos humanos.
    Filha de muçulmano, ela foi condenada pela lei islâmica, que proíbe conversões, depois de ter se casado com um cristão, com quem já tinha um filho de 1 ano e 8 meses.
            Ela também foi condenada a 100 chicotadas por adultério, já que, segundo a interpretação sudanesa da sharia (lei islâmica), as uniões entre uma muçulmana e um não muçulmano são consideradas traição conjugal.
          Quando foi condenada, a mulher estava grávida e deu à luz uma menina 12 dias depois do veredicto. Após o parto, a sudanesa foi levada da cela que dividia com seu primeiro filho e outras mulheres.
    FONTE: G1   e    verdadegospel.com
    • Blogger Comentários
    • Facebook Comentários

    0 comentários:

    Postar um comentário

    Expresse aqui a sua opinião. Seu comentário será publicado após análise de nossos moderadores.

    Item Reviewed: Sudão: cristã condenada à morte é presa novamente, agora com o marido Rating: 5 Reviewed By: theoway O CAMINHO
    Voltar para o Topo