728x90 AdSpace

  • Leia Também

    domingo, 20 de novembro de 2011

    O nome mais poderoso do mundo

    Estudo Bíblico sobre: "O nome mais poderoso do mundo"
    Referência: Filipenses 2.9-11
     
     INTRODUÇÃO

    1. O nome na Bíblia tem um significado profundo. O nome representa totalmente a pessoa nominada. O nome de uma pessoa tinha a ver com sua história, seus atributos, sua missão. Hoje vamos falar sobre o Nome de Jesus. Qual o seu valor? Qual o seu poder? Qual a sua autoridade? Quais os seus direitos?
    2. Vamos observar que Jesus nos deu a procuração, o direito legal de usarmos o seu nome. Mal o qual o valor dessa procuração? Tudo quanto está atrás desse nome: sua autoridade, seu poder. Tudo quanto Jesus tem e conquistou está investido no seu nome. Podemos usar o seu nome. Tudo quanto está investido no nome de Jesus pertence à igreja.
    I. A GRANDEZA INCOMPARÁVEL DO NOME DE JESUS

    • Existem três formas de um homem ter um grande nome: 1) Por herança; 2) Por doação; 3) Por conquista. O nome de Jesus é o mais excelente por essas três causas.

    1. Por herança – Hb 1:4
    • “Tendo se tornado tão superior aos anjos, quanto herdou mais excelente nome do que eles” (Hb 1:4).
    • Como Filho, ele é o herdeiro de todas as coisas. Ele é o resplendor da glória e a expressão exata do ser de Deus.
    • Quando herdou todas as coisas? Não foi no céu. No céu ele já tinha todas as coisas. Ele herdou todas as coisas quando se fez carne, quando se humilhou, quando se esvaziou até à morte e morte de cruz, quando suportou a feiúra do nosso pecado, quando deu sua vida por nós e depois ressuscitou dentre os mortos.
    • Então, ele herdou mais excelente nome do que os anjos e todos os anjos de Deus o adoram.

    2. Por doação – Fp 2:9-11
    • “Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho no céu, na terra e debaixo da terra” (Fp 2:9-11).
    • Em Efésios 1:20-21, Paulo diz que quando Deus o ressuscitou dos mortos, o fez assentar à sua direita nos lugares celestiais, acima de todo principado, e potestade, e poder, e domínio e de todo nome que se referir, não só no presente século, mas também no vindouro.
    • Deus não somente lhe deu um nome diante do qual todo ser nos três mundos devem curvar-se e confessar seu senhorio, mas Deus também o assentou no lugar mais alto do universo, à sua própria destra e fez com que ele fosse cabeça sobre todas as coisas.
    • Esse glorioso NOME nos pertence. O céu, a terra e o inferno reconhecem o que Jesus fez. Tudo quanto Jesus fez, toda a autoridade, todo o poder, a totalidade de suas realizações acham-se em seu NOME e temos o direito legal de usar esse nome e hoje ESSE NOME tem o mesmo poder!

    3. Por conquista – Cl 2:15
    • “E despojando os principados e as potestades, publicamente os expôs ao desprezo, triunfando deles na cruz” (Cl 2:15).
    • Jesus está à destra de Deus, acima de todo principado, e potestade, e poder, e domínio e de todo nome que se possa referir, mediante sua conquista destes principados.
    • Ele reduziu a nada os principados e potestades. Os principados e potestades contra os quais lutamos são os mesmos que Jesus venceu, despojou e aniquilou na cruz. Por isso Jesus diz: “Em meu nome expulsarão demônios”.
    • Jesus enfrentou Satanás e suas hostes e os venceu. A vitória que Jesus ganhou está incluída no seu nome. E o nome de Jesus nos pertence. O NOME quando o utilizamos, tornará real em nossa vida aquilo que Jesus já realizou. Quando você tomar posse de tudo que está detrás DESSE NOME, então, você triunfará e você colocará o diabo em fuga!

    II. A AUTORIDADE SUPREMA DO NOME DE JESUS

    • Jesus revelou-se a João na Ilha de Patmos, dizendo: “Eu sou o primeiro e o último, e aquele que vive; estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos, e tenho as chaves da morte e do inferno” (Ap 1:17,18).
    • Aquele que tem a chave é a pessoa autorizada, aquela que detém o poder e a autoridade.
    • Jesus diz: “Toda autoridade me foi dada no céu e na terra, ide portanto, fazei discípulos de todas as nações” (Mt 28:18-20). E ele acrescenta: “Estes sinais hão de acompanhar aqueles que crêem: em meu nome expulsarão demônios, falarão novas línguas, pegarão em serpentes; e, se alguma cousa mortífera beberem, não lhes fará mal; se puserem as mãos sobre os enfermos, eles ficarão curados” (Mc 16:17,18).
    • EM MEU NOME. Ele nos autorizou. Ele nos deu seu Nome. Ele nos deu o NOME que é reconhecido em três mundos: o nome que tem autoridade no céu, na terra e no inferno. Os anjos, os homens e os demônios têm que se curvar diante deste nome e este nome pertence à igreja.
    • Alguém objeta e diz: Ah! Mas o nome de Jesus só pertencia à igreja primitiva. Não, diz o texto que esses sinais hão de acompanhar os que crêem.
    • Se o nome de Jesus não nos pertence mais, então, ninguém pode ser salvo, porque não há salvação em nenhum outro Nome!
    • A igreja é o povo mais forte do mundo. Sua riqueza é maior do que todos os tesouros da terra. Ela tem O NOME de Jesus. Às vezes vivemos um profunda pobreza espiritual deixando de usufruir a riqueza que há no me de Jesus. Ilustração: O homem que esmolava à beira da estrada sobre uma pedra, onde havia escondido um tesouro.

    1. O Nome de Jesus é possessão da Igreja – At 3:6
    • Jesus deu seu nome à igreja. Os crentes primitivos sabiam que possuíam e o usavam. Pedro e João foram ao templo orar e o paralítico pede-lhes esmolas. Pedro lhe diz: “Não possuo nem prata nem ouro, mas o que eu tenho, isso te dou: Em nome de Jesus Cristo, o nazareno, anda!” (At 3:6).
    • Os judeus perguntaram com que poder ou em nome de quem fizeram este milagre? (At 3:11-12). Pedro respondeu: “Pela fé em o nome de Jesus, é que esse mesmo nome fortaleceu e este homem que agora vedes e reconheceis; sim, a fé que vem por meio de Jesus deu a este saúde perfeita na presença de todos vós” (At 3:16).
    • A igreja hoje parece que não sabe que possui O NOME DE JESUS e por isso vive uma vida tão pobre espiritualmente. Ilustração: Spurgeon visita uma mulher idosa e enferma num casebre de táboas no subúrbio de Londres. Ela havia servido por 50 anos uma dama da nobreza. Viu na parede um quadro emoldurado. Era o documento de doação – de herança de uma casa e dinheiro para toda a sua vida!
    • Pedro sabia o que lhe pertencia quando curou o paralítico: “O que tenho, isso te dou: Em nome de Jesus anda!”
    • Você diz: Ah, mas isto era apenas para Pedro, para os apóstolos. Não. O nome de Jesus foi dado para todos os que crêem.

    2. A autoridade do Nome de Jesus na Salvação – At 4:12
    • Não há salvação, a não ser no NOME de Jesus.
    • Mt 1:21: “E lhe porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo de seus pecados”.
    • At 4:12: “E não há salvação em nenhum outro nome dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos”.
    • At 2:21: “E acontecerá que todo aquele que invocar o Nome do Senhor será salvo”.
    • 1 Jo 2:12: “Filhinhos, eu vos escrevo, porque os vossos pecados são perdoados, por causa do seu Nome”.
    • Ilustração: Czar pode pagar! (O jogador endividado, assentado à mesa, bebendo, fez as contas e percebeu que jamais poderia pagar sua dívida. Pegou o revólver para se matar e fez a pergunta: Quem pode pagar tanto?

    3. A autoridade do Nome de Jesus na Oração
    • Jo 16:23: “Em verdade, em verdade vos digo se pedirdes alguma coisa ao Pai, ele vo-la concederá em Meu Nome”.
    • Jo 16:24: “Até agora, nada tendes pedido em meu Nome; pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja completa”.
    • Jo 14:13: “E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho”.
    • Jesus endossará nosso pedido e o Pai o dará a nós. Isso coloca a oração numa base puramente legal. Nossas orações são respondidas por causa do Nome de Jesus. Elas são atendidas por causa do méritos de Jesus.
    • Ilustração: é como se Jesus assinasse o cheque e nós o recebêssemos. O caixa não paga o cheque por causa dos méritos de quem o leva, mas por causa do crédito de quem o assinou.
    • O Pai sempre ouve a Jesus. Quando oramos em Nome de Jesus é como se o próprio Jesus estivesse orando. Ele toma o nosso lugar. Ele está nos dando um cheque assinado, cobrável nos recursos do céu e nos convida a preenchê-lo. Quanto pode o seu Jesus? Que recursos ele tem? Nossas orações podem ser mais ousadas. Veja como Paulo orou em Efésios 3:14-21!

    4. A autoridade do Nome de Jesus na libertação dos cativos – Lc 10:17
    • Temos autoridade no Nome de Jesus contra todos os poderes das trevas. Temos autoridade contra todos os principados e potestades, pois Jesus já os anulou na cruz e temos o nome de Jesus! A vitória já foi conquistada na cruz!
    • Os discípulos voltam de uma campanha evangelística e dizem para Jesus: “Senhor, os próprios demônios se nos submetem pelo TEU NOME” (Lc 10:17).
    • Jesus disse para os seus discípulos: “Em meu nome expulsarão demônios” (Mc 16:17). Ilustração: Precisamos ter duas coisas: discernimento (Esquizofrenia catatônica) e conhecimento do poder que há no nome de Jesus (a criança possessa em meu gabinete).
    • Jesus não disse que apenas os apóstolos ou os pastores ou os carismáticos expulsarão demônios. Esses sinais acompanharão aos que crêem.
    • Precisamos conhecer o poder do Nome de Jesus para libertar os oprimidos, os cativos e os possessos num país onde tantas pessoas vivem presas à feitiçaria, idolatria e possessão demoníaca.
    • Ilustração: O seminarista de Recife em Aracajú e a mulher possessa.

    5. A autoridade do Nome de Jesus para curar os enfermos – Mc 16:18
    • Mc 16:18: “Em meu nome… se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados”.
    • Pedro disse para o paralítico: “O que eu tenho, isso te dou: em nome de Jesus Cristo, o nazareno, anda!” (At 3:6).
    • At 4:8,10: “Autoridades do povo e anciãos, tomai conhecimento, vós todos e todo o povo de Israel, de que, em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, a quem vós crucifacastes, e a quem Deus ressuscitou dentre os mortos, sim, em seu nome é que este está curado perante vós”.
    • At 4:29,30: “Agora, Senhor, olha para as suas ameaças e concede aos teus servos que anunciem com toda a intrepidez a tua palavra, enquanto estendes a mão para faxer curas, sinais e prodígios por intermédio do nome do teu santo Servo Jesus”.
    • Tiago 5:14,15: “Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e esetes façam oração sobre ele, ungindo-o com óleo, em nome do Senhor. E a oração da fé salvará o enfermo, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados”.
    • Dois extremos: Não crer que Cristo cura mais hoje e crer que todos os enfermos serão curados. Ainda achar que os crentes não ficam doentes e se ficam necessasriamente serão curados.

    6. Tudo em nome de Jesus – v. Cl 3:17
    • Cl 3:17: “E tudo o que fizerdes, seja em Palavra ou seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por isso graças a Deus Pai”.
    • SE você varrer o chão, varra-o em nome de Jesus.
    • SE você ler um livro, leia-o em nome de Jesus.
    • SE você fizer uma viagem, faça-a em nome de Jesus.
    • SE você fizer um negócio, faça-o em nome de Jesus.
    • SE você namorar, namore em nome de Jesus.
    • SE você casar, case-se em nome de Jesus.
    • SE você cantar um hino, cante em nome de Jesus.
    • Os cristãos primitivos faziam tudo em nome de Jesus. Eles pregavam o Nome de Jesus. Atos 4:16-18: “… ameacemo-los para não mais falarem no nome de Jesus”. Atos 5:28: “Expressamente vos ordenamos que não mais ensinásseis nesse nome”. Atos 5:40,41: “Chamando os apóstolos, açoitaram-nos e ordenando-lhes que não falassem em o nome de Jesus, os soltaram. E eles se retiraram do sinédrio regozijando-se por terem sido considerados dignos de sofrer afrontas por ESSE NOME.

    CONCLUSÃO

    • Viver em nome de Jesus, no poder de Jesus é viver sobrenaturalmente. O Cristianismo normal é o Cristianismo sobrenatural, pois o nome de Jesus nos pertence. E o nome de Jesus tem todo poder no céu, na terra e no inferno. Tudo está debaixo do nome de Jesus. Tudo que o Pai tem pertence ao Filho. Jesus disse: “Tudo o que Pai tem é meu” (Jo 16:15). Tudo que Jesus tem pertence à igreja. Tudo nos pertence em nome de Jesus.
    • O apóstolo João diz: “Aquele que tem o Filho tem a vida”.
    • Ilustração: O leilão dos quadros famosos. Aquele que tem o Filho tem tudo!

    Rev. Hernandes Dias Lopes - via GPrime
    • Comentários do Blogger
    • Comentários do Facebook

    1 comentários:

    Expresse aqui a sua opinião. Seu comentário será publicado após análise de nossos moderadores.

    Item Reviewed: O nome mais poderoso do mundo Rating: 5 Reviewed By: theoway O CAMINHO
    Scroll to Top