Home » , » A grande comissão

A grande comissão

Publicado por theoway O CAMINHO | sexta-feira, 20 de janeiro de 2012 | 23:27

Referência: Mateus 28.18-20

I. A COMPETÊNCIA DO COMISSIONADOR – v. 18
AUTORIDADE = versão atualizada
PODER = versão corrigida
Exemplo: O CAMINHÃO (PODER) E O GUARDA (AUTORIDADE).
Esta declaração mostra que quem dá a ordem tem credencial e competência para fazê-lo. Isto tem duas implicações:
1. É condição básica de êxito sabermos que o nosso Deus é o maior = É esta certeza inabalável que nos dará as condições de enfrentar o inimigo e as circunstâncias adversas, sem temer e sem vacilar.
2. Qualquer ordem dada pela autoridade máxima do universo exige atenção e respeito total = Ao proferir uma ordem Jesus quer ser obedecido de forma certa e completa.

II. A ESSÊNCIA DA COMISSÃO – v. 19
Fazer discípulos é a ordem
Jesus não mandou fazer fãs = Quem precisa de fãs é Roberto Carlos, Gal Costa
Jesus não mandou fazer admiradores = ator e jogador de futebol é que precisa de administrador.
Jesus não mandou apenas evangelizar e ganhar almas, abandonando os bebês.
Jesus não mandou apenas recrutar crentes e encher as igrejas de pessoas = Jesus não quer apenas crentes e convertidos.
JESUS QUER SEGUIDORES, DISCÍPULOS!
Ser discípulo implica:
1) Aborrecer – Lc 14.26 = O discípulo é alguém que coloca seu relacionamento com Jesus acima de todos os demais relacionamentos.
2) Levar a cruz – Lc 14.27 = O maior significado da cruz é a morte.
3) Renunciar tudo – Lc 14.33 = Renúncia completa e entrega sem reservas.

III. O ALCANCE DA COMISSÃO – v. 19
Todas as nações = todas as ETNIAS
Segundo o missiólogo Gilberto Pickering há no mundo cerca de 6.000 etnias, das quais 200 no Brasil.
Deus ama a todas as etnias. O coração de Deus pulsa pelo mundo todo. Deus disse a Abrão: “Em ti serão benditas todas as famílias da terra.”
Em Ap 5.9 diz-nos que Deus comprou com o sangue do Seu Filho os que procedem de toda tribo, língua, povo e nação.
Jesus quer discípulos em cada etnia.
A leitura errada de Atos 1.8 = Não primeiro aqui, depois lá. Mas tanto quanto = concomitante.

IV. AS IMPLICAÇÕES DA COMISSÃO
1. Envolve a integração dos novos convertidos = A igreja é importante. Não existe crente isolado, como não há membro fora da corpo. Tem gente que diz que não prega igreja, pois eu prego.
2. Envolve ensino aos neófitos = Há três coisas a destacar:
2.1. Ensinar o que Jesus mandou = Não achiologia, modismos, tradição de homens – At 20 = todo o conselho de Deus.
2.2. Todas as coisas = Não apenas as mais agradáveis. Gostamos de falar sobre o amor de Deus. Não há folhetos evangelísticos sobre a IRA DE DEUS.
2.3. A guardar = Não apenas ter na cabeça, mas obedecer – o discípulo é aquele que obedece. Hoje as pessoas querem conhecer, mas não obedecem. “Vós sois meus discípulos se fazeis o que eu vos mando.”

V. MOTIVOS PARA CUMPRIR A COMISSÃO
1. O poder de Jesus à nossa disposição – v. 18 =
Se Jesus tem TODO poder e autoridade não sobrou nada para o diabo.
O diabo é astuto, ardiloso, sagaz = Mas só Jesus é PODEROSO.
O poder do diabo foi tirado = Cl 2 = despojado, oco, vazio.
O diabo não manda nem no inferno = Ap 1 = As chaves do inferno não estão nas mãos do diabo, mas nas mãos de Jesus. Toda a suprema grandeza do seu poder está à nossa disposição (Ef 1.19). Estamos assentados com Cristo acima de todo principado e potestade.

2. A presença de Jesus – v. 20 = Se Jesus está conosco somos maioria absoluta.
3. A ordem de Jesus – v. 19 = Se Ele mandou, cabe-nos obedecer.

CONCLUSÃO

Vamos investir, irmãos, na obra de salvar vidas e fazê-las discípulos de Jesus.
Ilustração: O FILME “A LISTA DE SCHINDLER.” = Quem salva uma vida, salva o mundo inteiro.

Rev. Hernandes Dias Lopes
Compartilhe este artigo :
Comentários
0 Comentários

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião. Seu comentário será publicado após análise de nossos moderadores.

CURTA NOSSA FAN PAGE!

 

Copyright © 2009-2016. theoway :: O CAMINHO - Todos os direitos reservados.